Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Cada vez vejo mais e-readers

por M, em 10.08.13

Ontem estava na praia (a aproveitar este calor) e vi duas pessoas com um e-reader cada. Uma delas estava com um sony e a outra com um kindle. E já não é a primeira vez que vejo uma pessoa na praia com um e-reader. A primeira que vi foi uma estrangeira. Os que vi ontem já me pareciam portugueses.

 

É óptimo ver cada vez mais pessoas a usar estes aparelhos, a perceberem as suas vantagens. Os e-readers permitem levar toneladas de livros para qualquer lado, com a vantagem de não estragarmos a capa ou as folhas de um livro que estimamos ou que até é uma cópia autografada. Podemos acabar de ler um livro e passar imediatamente para outro que guardámos na nossa biblioteca digital (o e-reader).

 

Já tive outros encontros com e-readers no dia-a-dia. 

Não é raro encontrar pessoas no metro e também no comboio a lerem no seu kindle ou outro. O mais recente que vi foi um Kobo mini. Nunca me atraiu muito por ser muito simples e não permitir uma leitura confortável de pdf’s (que é essencial para mim, embora também leia e-books). Nesse mesmo dia, vi outra pessoa a ler as suas folhas soltas, que me pareceram bem menos práticos.

Infelizmente não tirei nenhuma fotografia, até porque é dificil sem parecer suspeito, mas vou tentar por mais casos do meu dia-a-dia com fotografias que consiga tirar.

 

Mas o e-reader que mais vejo é o kindle simples ou o 3. Um dia no comboio, ia eu a ler no meu kindle, quando um senhor se senta num lugar à minha frente e comenta que gosta do e-reader. Segundos depois pegou também no seu kindle para continuar as suas leituras.

 

Estou à espera do dia em que os e-readers ganhem mais mercado e sejam mais divulgados (pelo menos aqui em Portugal). O objectivo é tornar a leitura mais prática, por mais pessoas a ler (os ebooks são mais baratos que os livros), eliminar impressões desnecessárias (principalmente de sebentas/apontamentos) e poupar o ambiente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:15

Infografias

por M, em 04.08.13

O outro dia estava a navegar na internet e fui dar com um site que publicava informação sob uma forma que se assemelhava a  "posters digitais". Achei engraçado por serem bastante sintéticos e até divertidos de ler (até porque alguns temas são mais ideias incomuns e divertidas do que informativas e formais). Descobri que se tratavam de infografias e que até era comum serem utilizadas no mundo dos media, nomeadamente em revistas e jornais.

 

O site é o visual.ly.

Tem inúmeras infografias e até nos permite criar as nossas, embora de forma muito limitada. Podem ficar aqui com algumas que gostei:

 

How To Wear Your Backpack With Style

 

10 Tips for Better Sleep

 

What Your Coffe Says About You

 

Aprofundei um pouco mais e descobri que há outros sites que permitem criar infografias. Experimentei o easel.ly, que tem vários recursos e cria infografias divertidas, o infogr.am/, que tem opções mais restritas e serve, principalmente, para criar infografias que envolvam gráficos (tendo até uma folha de cálculo para inserir dados) e o piktochart.com, muito completo, com vários templates, imagens, ícones e uma opção para fazer upload de folha de cálculo. Acho que este é o mais completo dos três.

 

No entanto, eu precisava de mais ícones e um template um pouco diferente. Assim, decidi aventurar-me sem a ajuda destes sites (pelo menos, por enquanto). Usei apenas o Pain.net, algumas fotografias minhas e imagens tiradas do google e fiz uma infografia mais ou menos simples sobre as vantagens dos e-readers que podem ver aqui.

 

No geral, acho que as infografias podem ser uma boa hipótese não só para os blogs, mas também para os estudantes. As vantagens começam pela forma como a informação é apresentada (esteticamente agradável, sintética e clara), passam pela grande variedade de maneiras de personalizar a infografia e terminam no facto de ser novidade no reino da vida académica (pelo menos por enquanto). Podem vir a substituir as apresentações em powerpoint, que muitas vezes não são assim tão sintéticas e claras, e até os posters, quando o mundo virar ainda mais digital.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:15

As vantagens dos e-readers

por M, em 03.08.13

Quando pensamos em comprar um "brinquedo" novo, geralmente gostamos de ver os prós e os contras. Pois bem, relativamente aos pontos fortes do e-readers basta ver a imagem abaixo:

 

 

Vantagens dos e-readers 

 

 

Concluindo:

Estas são as principais vantagens relativamente a um tablet ou smartphone. Depois cada marca pode ou não adicionar funcionalidades extra. O Kobo tem a aplicação "reading life", por exemplo, que torna a leitura mais divertida. Os e-readers da Sony ou da Amazon têm uma loja de ebooks dedicada (que tanto é vantagem, como desvantagem). Os e-readers da sony têm um bom suporte de pdfs, principalmente no que toca à facilidade em fazer zoom.

As desvantagens dependem do uso que lhes vamos dar: se quisermos jogar, ter um browser ultra-rápido e uma câmara, isso ainda não existe no mundo dos e-readers. A tecnologia a cores (E-ink Triton) é outra característica que apenas está a surgir agora. Mas se quisermos ler artigos ou noticias na internet com conforto e qualidade superior, tirar notas ou ver o e-mail enquanto ouvimos a nossa playlist, então isso já é bem possível com um e-reader. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 10:57

Pág. 2/2



Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D