Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Hoje trago-vos mais um belo sorteio!

O e-reader agora sorteado é o Kobo Mini, que também pode ser encontrado na Fnac. A Kobo é única marca de e-readers que podemos encontrar em lojas físicas cá em Portugal e este e-reader pequenino, com ecrã de 5'' polegadas, já esteve em exposição nessas lojas. Para quem não teve hipótese de experimentar e analisar, está aqui a página oficial com os detalhes.

Kobo Mini

Este e-reader é mesmo pensado para quem está sempre em movimento, seja em viagens longas de comboio ou em passeatas tranquilas a pé. Já cheguei a ver uma pessoa no metro a ler com este Kobo Mini, enquanto ia caminhando para a estação. Ultra portátil e com todas as características necessárias para ler adequadamente um belo livro durante as viagens. Cabe na confortavelmente na palma da mão e também no bolso das calças.

 

Mas vamos ao que interessa. O que é preciso fazer afinal??

Basta gostares deste vídeo, subscreveres o canal do Youtube e comentares no mesmo vídeo, dizendo que fizeste estas duas coisas.

Simples, fácil e habitas-te a ganhar um dos 3 Kobo Mini que estão a sortear.

 

Boa sorte e não te esqueças de partilhar esta informação com os teus amigos usando o link abaixo ;)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 12:10

A produtividade em Ipads deixa um pouco a desejar, já que as ferramentas para produzir textos, apresentações e folhas de dados raramente são totalmente compatíveis e ausentes de "bugs". Para visualizar os formatos do Microsoft Office, que são os mais comuns no que toca a trabalhos para a faculdade, a história repete-se. Há sempre qualquer coisa fora do sítio ou que nem sequer aparece. Isto não acontece com os tablets da Microsoft, os Surface, que são dos melhores para quem quer ter produtividade e portabilidade.

 

No entanto, parece que isto vai mudar. Segundo li, a Microsoft está prestes a tornar disponível uma versão do Office para o Ipad. Isto deverá ocorrer durante os primeiros seis meses do ano e poderá ser necessário fazer uma subscrição do programa Office 365.

Office Ipad

 Quanto à posição da Microsoft, tenho dúvidas quanto a esta "jogada". Podem ter bons ganhos, porque irão obrigar os utilizadores a subscrever um serviço pago. Contudo, o que não falta aí são "piratas cibernéticos" prontos para tornar disponível o Office à borla. Ou seja, a Microsoft perde o lucro das subscrições e perde o lucro da compra dos tablets Surface (que, diga-se de passagem, não devem ser assim muitos) porque os Ipads passam a ter a mesma produtividade.

 

Vamos lá ver. Para já parecem ser excelentes notícias para os detentores de um Ipad. Não sei se será compatível com todos os modelos. Logo se saberá à medida que as coisas forem avançando, mas pode-se assumir que os donos de um Ipad (não são poucos) não terão de esperar muito por um conjunto de programas decente e compatível para realizar os seus documentos.

fonte

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:32

Boas! Estou de volta :D

Esta época de exames foi um bocado exigente, por isso, em termos práticos, o meu ano novo começa agora.

E com ele voltam os posts aqui no blog!

Tantas coisas novas a acontecer e que tenho para vos falar, mas para já vou começar pela InkCase.

InkCase

InkCase é uma capa para o smartphone que utiliza a tecnologia eInk Mobius (a mesma do Digital Paper), como obviamente não poderia deixar de ser. É semelhante à forma como a Yota Devices usa a eInk no seu YotaPhone. Esta capa recebe várias informações do telemóvel, como seja texto, imagens, actualizações do Twitter e Facebook, entre outras. Assim, é possível:

 

  1. Ler ebooks como num e-reader. Existe uma aplicação (EpiReader) que é própria para abrir textos e enviá-los para a capa. Esta depois reproduz a informação e permite também passar as páginas utilizando uns botões próprios da capa ou do telemóvel.
  2. Persnalizar a parte de trás do telemóvel. Podemos colocar qualquer imagem à nossa escolha na capa e modificá-la a nosso gosto, tornando-a exclusiva.
  3. Poupar a bateria do smartphone. Enquanto utilizamos a capa, como é uma tecnologia de baixo consumo energético, gastamos muito menos a bateria. A quantidade de vezes que acendemos o telemóvel só para ver as horas ou mensagens ou qualquer outro tipo de actualizações é o suficiente para perder uma boa parte da bateria. Com esta tecnologia já não será necessário acender o telemóvel para verificar esse tipo de informações, porque passam a estar disponíveis na capa.

 

Mas atenção que ainda só é compatível com o Iphone 5, o Samsung Note II e o Samsung Galaxy SIV. Acredito que farão para mais modelos, se se justificar.

 

Nem uma semana se passou desde que escrevi este texto e já tinha encontrado notícias novas sobre esta empresa: apresentaram um novo modelo da InkCase numa feira americana de tecnologia móvel. Este novo modelo chama-se InkCase Lite e estará disponível para todos os modelos de smartphone disponíveis no mercado, o que é um bom avanço. Uma coisa que eu ainda não referi é o preço. Como estas capas usam tecnologia eInk mais recente e leve (a Mobius), vão ser um bocado caras. Ainda não há informação definitiva, mas, por exemplo, a do Iphone5 será $149. (Fonte: Goodereader)

 

É uma boa opção para aqueles que ficaram deslumbrados com o YotaPhone, mas já têm um smartphone e querem ter uma experiência paper-like.

 

Deixo-vos aqui o vídeo promocional, que na minha opinião está um pouco lamechas:

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:30


Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D