Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Saiu hoje no Público uma notícia sobre um novo telemóvel, o YotaPhone, produzido na Rússia que tem uma particularidade muito interessante: tem 2 ecrãs e um deles é de papel electrónico (electronic paper display, EPD). Isto pode ser o início de uma grande expansão do papel electrónico, que pode ter repercussões fortes no mercado dos ebooks e dos e-readers!

 

O telemóvel foi pensado para combater o problema da falta da bateria. No geral, os telemóveis smartphones aguentam cerca de 6-8h em constante utilização. Já vimos que os e-readers têm grande vantagem sobre a autonomia quando comparados seja com telemóveis, computadores, tablets, etc. E esta vantagem é conferida por se servirem da tecnologia de papel electrónico, que praticamente só consome energia quando a informação no ecrã muda (como virar a página do livro). Portanto, um telemóvel que integre esta tecnologia estará no bom caminho para aumentar a sua autonomia (ainda não foram revelados os valores de autonomia)

O ecrã de tinta electrónico fica na parte de trás do telemóvel, tem as 16 escalas de cinzento e uma resolução baixa, de 360x640 pixels (em contraste com a resolução de 720x1280 pixels do ecrã principal). Tal como o ecrã principal, o de EPD também é touch e parece bastante bem integrado com as funções do smartphone. Pode ser utilizado para mostrar as SMSs recebidas, alertar para eventos de calendário, ler livros (como é óbvio!) ou apenas mostrar imagens que gostemos, tornando-o um telemóvel bastante personalizável.

 

Quanto a especificações importantes, este telemóvel é Android Jelly Bean (4.2.2), tem um processador dual-core de 1.7GHz, 2GB de memória RAM e memória interna expansível até 32GB. Pesa 146g e ainda vem equipado com duas câmaras. Não tenho a certeza que o ecrã de tinta electrónica seja da E-ink.

 

No site oficial já está disponível a pré-compra deste aparelho, que custará cerca de 499 euros.

 

Outro telemóvel que, este sim, utiliza a tecnologia da E-ink, está a ser desenvolvido pela Onyx e tem venda prevista para finais de 2013 (embora não ache que se venha a concretizar).

Esta é uma empresa chinesa, conhecida por fabricar e-readers e que desde o ano passado que está a desenvolver um telemóvel ("E-phone") cujo ecrã é totalmente de papel electrónico. Isto tem o seu mérito, mesmo que tenha alguns inconvenientes enquanto tecnologia a preto e branco.

 

Tem um processador de 1GHz, 512MB de memória RAM e 512 MB de memória interna expansíveis com cartão microSD até 32GB. Tem sistema operativo Android Gingerbread (2.3) e um ecrã com resolução boa, de 480x800 pixels.

 

Veremos como isto corre, como será a adesão, mas acredito que faça sucesso e que mostre as maravilhas do papel electrónico a quem ainda não sabe que ele existe.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:50


2 comentários

Sem imagem de perfil

De EU a 12.01.2014 às 15:07

quero um!!!dos que estão a vender na Rússia!
Até nem e muito caro...a comparar com outras marcas no mercado; resta saber se bloqueia
Imagem de perfil

De M a 12.01.2014 às 15:37

Também eu queria, mas agora está esgotado xD Há reviews em vídeo, a mostrar as várias funcionalidades. Aqui fica uma:
http://www.youtube.com/watch?v=VWiPgavFN_M

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D