Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Para quem se lembra, em Setembro do ano passado surgiu um projecto que atraiu multidões: o Phonebloks. Este projecto tem como objectivo criar um telemóvel/smartphone modular, isto é, cujas diferentes partes (câmara, processador, ecrã, colunas, etc.) possam ser compradas individualmente e substituídas. Assim, não será necessário comprar um novo telemóvel quando quisermos ter tecnologia mais recente, bastará comprar uma câmara melhor, se estivermos numa de fotografia. Por outro lado, se temos mais interesse em alta fidelidade, podemos dispensar totalmente a câmara e ficamos com espaço livre para colocar boas colunas de som.

Phonebloks 

Tudo isto evolui muito rápido. Em Outubro do ano passado, já tinham milhares de fãs e apoiantes e em Novembro já tinham conversado com vários fabricantes de smartphones e empresas, conseguindo arranjar parceiros. A Motorola foi uma delas. A empresa pertencente à Google, mostrou interesse em colaborar com a Phonebloks no desenvolvimento do Projecto Ara, que é basicamente a mesma coisa, um telemóvel baseado em módulos.

Começou-se, assim a desenvolver um protótipo.

Através de vários posts no seu blog, a equipa do Phonebloks foi conversando com a sua comunidade de apoiantes, pedindo ideias e opiniões e dando conta das novidades.

 

Eu só soube deste projecto hoje mesmo, mas pelos vistos isto já conta com uns 4 meses de evolução! E parece que vai mesmo para a frente, a Google não brinca em serviço!

 

Segundo o que li e percebi, há um kit (o Module Developers Kit, MDKque será a base do smartphone. Este pode vir a ser alterado pelos criadores ou por enventuais "contribuidores", que tenham boas ideias. O MDK está disponível no site do projecto e consiste em desenhos, especificações técnicas e eventual software que inclua a base (o "endoesqueleto", como a empresa lhe chama) do telemóvel. Os módulos serã desenvolvidos e adquiridos à parte. Em princípio, estes serão produzidos por outras empresas, especializadas nas várias áreas.

Projecto Ara

Os primeiros modelos base poderão chegar às bancas já no início do próximo ano. Estes serã à volta de $50 e terão só os módulos indispensáveis, podendo depois ser melhorados com a inclusão de mais/outros módulos. Além disso, poderá ser possível uma personalização estética, utilizando impressão 3D dos vários módulos.

 

Tudo isto promete! Vou estar atento. Para já fiquem com vídeo (longo) com uma conferência que revela o protótipo.

 

Fonte 1 | Fonte 2 | Fonte 3

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:37



Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D