Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Nem sei se deva chamar e-reader ao Digital Paper da Sony (DPT-S1). Tem 13.3'' e, por enquanto, só lê PDFs. Ou seja, não lê outros formatos de ebooks.

 

DPT-S1

 

O e-reader tradicional tem 6'', ecrã feito com papel electrónico, bateria longa e lê vários formatos de livro digital (os ebooks). Este da Sony tem mais do quádruplo da dimensão e não lê mais do que PDFs. Continua a ter tecnologia de papel electrónico, bateria longa e tudo isso. Mas é muito mais dedicado a documentos e livros técnicos, de estudo. Um e-reader tradicional foi desenhado para imitar a leitura de um livro "convencional", romances, policiais, ficção, etc.

Para mim, e-readers de grande dimensão encaixam numa categoria à parte e deveriam ter um nome mais específico, porque não são propriamente feitos para ler um livro tranquilamente num jardim, na praia, no sofá. O Sony DPT-S1 continua a ser leve o suficiente para segurar apenas com uma mão, mas não dá para transportar numa mala pequena. Nem nunca pensaria em comprar um e-reader tão grande se só quisesse ler romances.

 

Ao falar do Digital Paper, que começou a aparecer em Maio do ano passado e que foi posto à venda em Dezembro no Japão, começamos a pensar se outras empresas não estarão a produzir aparelhos semelhantes. Especialmente depois das informações desanimadoras que a Sony revelou.

E a verdade é que há uma empresa que já apresentou um e-reader com dimensões iguais e outra que por enquanto anda só a pensar nisso.

 

As outras empresas que, tal como a Sony, estão a desenvolver e-readers de 13.3'' são a Onyx Boox e a PocketBook. A primeira é uma empresa Chinesa e a outra é Russa. Ambas trouxeram bons contributos para o mundo dos e-readers.

  • Da Onyx temos, por exemplo, o M92, um e-reader pioneiro, dos melhores para ler PDFs, porque tem 9.7'' e caneta digital.
  • Da PocketBook temos a CoverReader, uma capa de papel electrónico para o Galaxy S4, ou o Color Lux, o primeiro e-reader de 8'' com tecnologia Eink Triton (cores) e luz.

 

A PocketBook já apresentou o seu e-reader de 13.3'', chamado CAD reader e pensa pô-lo à venda em Agosto deste ano. Tal como o DPT-S1, também inclui caneta digitalizadora. É mais direccionado para arquitectos, mas corre Android completo, ou seja, podemos instalar aplicações que permitam lidar com PDF's e outros formatos de ebooks. Na parte dos contras temos o ecrã ainda em vidro, o que o torna bem mais pesado que o da Sony...

CAD reader

Até agora quem deu mais notícias foi, de facto, a Sony. Já fez um update ao firmware do DPT-S1, já deu conferências de imprensa e anda a tentar arranjar parceiros que comercializem o aparelho. Provavelmente em Maio vai colocá-lo à venda na América por $1100, o que equivale a €800.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 13:26



Mais sobre mim

foto do autor





Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D